terça-feira, 2 de março de 2010

Inicio das aula é marcado por falta de aulas


O ano letivo acaba de começar na UFMG e a racepção dos alunos não poderia ser melhor. Ao entrar na FAFICH podemos perceber uma falta de alguma coisa que existia mas não existe mais. Seria o Milharal? Seria o Ado? Seria os colegas puliças??? Não! A ausência mais marcante foi a cantina, que seimplesmente sumiu, desapareceu, escafedeu-se... E os alunos esperam sua volta, com preços baixos e o enrolado duuro...
Bom, não termina por aí as faltas, claro que os estudantes não esperavam ter aula no 1° dia, afinal o Brasil só começa depois do carnaval... ops, já passou não é mesmo? Bem, overam dois professores que por motivos éticos vamos citar os nomes: Carmem Flores e Gustavo, que simplismente não foram e não justificaram suas ausencias, afinal, eles naõ dveme satisfações a nem um aluno...
Mais uma grande ausencia nesse recomeço da peleja foi um agradavel cheiro herbácio que rondava os entornos do D. A., não havia nem resquicio dele que foi abafado por cheiro de cigarro e o tradicional cheiro de gato.
O direto J.P.F. se pronunciou sobre o caso: "Nesses tempos modernos de anoerexia e preguiça a melhor recepção para os alunos foi feita, nada de comida e nem aula. Dessa maneira mantemos a motivação doa alunos e o respeito dento da instituição!"
Viva a Universidade Pública!

3 comentários:

  1. Antes, no Brasil, o ano só começava depois do carnaval. Agora, só depois da semana santa. Dá-lhe Fafich! Quebrando paradigmas!

    ResponderExcluir
  2. faltou sexo tb.
    pelomenos para mim

    ResponderExcluir
  3. E o JO esta censurado por excesso de moralismo. Proibido para menores, recomendado para os melhores.. hiauha q merda abraço

    ResponderExcluir